Posso empreender sem deixar o meu emprego?

A dúvida nos atinge em vários momentos de nossa vida, e parece que não é diferente quando vamos falar de empreendimento. Quando não sabemos, ao certo, o que fazer é ela que nos impede de agir.

Sabemos também que não é qualquer empreendimento que irá funcionar. As vezes as ideias podem ser muito interessantes na nossa cabeça, mas a viabilidade de execução ou de retorno financeiro podem desencorajar qualquer um que inicia suas ações.

Mas será que existe uma forma de testar um novo empreendimento sem ter de correr os riscos de abandonar o emprego fixo?

Claro que é possível, porém existem algumas coisas que você deve saber antes de entrar nessa nova jornada de trabalho. O primeiro ponto que podemos levantar é a questão das leis trabalhistas que retiram do empresário o direito de receber o tão usado seguro desemprego. Um profissional que for demitido e tiver um CNPJ não poderá receber o benefício, porém todos os outros benefícios permanecem iguais aos de uma pessoa física.

O segundo ponto é o entendimento do que significa o Home Office. Muitas pessoas acreditam que nesse novo método de trabalho o auge da felicidade será encontrado. Alguns, até, acreditam que o fato de trabalhar em casa te permite trabalhar menos, no entanto esses pensamentos parecem um pouco equivocados. Claro que no início tudo são flores e trabalhar em casa irá retirar todos os processos estressantes do dia a dia em um escritório empresarial, além dos valores reduzidos de contas e transporte. Mas quando o trabalho se inicia, a falta de disciplina pode ser o seu maior inimigo.

Você começará a trabalhar mais do que o normal, pois saberá que apenas alguns minutos a mais não farão diferença, afinal o seu quarto se encontra a alguns centímetros de distância. Você poderá se isolar de encontros sociais mais comuns proporcionados pelo trabalho convencional e isso poderá causar alguns transtornos e estresses maiores. Mas esses problemas podem ser resolvidos com alguns pingos de disciplina, foco e autoconhecimento.

O terceiro ponto é a questão do seu endereço fiscal. Toda empresa precisa de um endereço fiscal, um endereço que servirá para alguns cadastros legais e recebimento de correspondências. Isso poderá ser um dos maiores problemas quando você mora de aluguel e/ou não pode adicionar o endereço de sua morada como endereço fiscal. Mas isso é fácil de se resolver, basta contratar os serviços de um Escritório Virtual. Saiba como abrir uma empresa sem um endereço físico. Um escritório virtual resolve rapidamente esse empecilho.

Bom, espero ter ajudado e não esqueça de seguir com disciplina. A alternativa de conciliar o emprego fixo com um novo empreendimento, pode parecer cansativa, mas não será arriscada ao ponto de prejudicar a sua situação financeira atual, ou seja, talvez seja a melhor coisa a se fazer.

Até a próxima!

 

 

Carlos Hallan - 14/03/2017